quinta-feira, 7 de abril de 2011

Atos e Consequências

Hoje, 7 de Abril de 2011, Rio de Janeiro em LUTO!

Pela manhã de hoje,  Wellington Menezes de Oliveira, de 24 anos simplesmente levanta de sua cama pela manhã, toma seu tranquilo café matinal e sai de sua casa até o seu antigo colégio (Escola Municipal Tasso da Silveira), localizada na zona Oeste do Rio onde se passa por *palestrante*, conseguindo adentrar livremente pela portaria; o que não fora esperado por ninguém, era o fato desse ''bem vestido'' homem, estar altamente armado com o intuito de cometer um ato de pura crueldade, atirar contra alunos em salas de aula lotadas! Como se não bastasse, depois de cometer essa INSANIDADE, o homem se suicida após ser baleado na perna pelo policial. Segundo o diretor do hospital para onde as vítimas foram levadas, 11 crianças morreram (10 meninas e 1 menino) e 13 ficaram feridas (10 meninas e 3 meninos). As crianças têm idades entre 12 e 14 anos.


''Ele estava bem vestido. Subiu para o segundo andar e eu ouvi dois tiros. Depois, todos os alunos subiram para suas salas. Depois ele subiu para o terceiro andar, onde é a minha sala, entrou e começou a atirar. Eu me agachei e, quando vi, minha amiga estava atingida. Ele matou minha amiga dentro da minha sala” conta a menina de 12 anos que viu o atirador entrar na escola.


Ao final de tudo, o atirador que se julga como ''puro'' deixa uma carta antes de morrer e, de acordo com o coronel Djalma Beltrami, a carta de Wellington tinha inscrições complicadas. “Ele tinha a determinação de se suicidar depois da tragédia”, contou Beltrami.


 Foto: Reprodução


Sim caro leitor, eu sei o que você está pensando, provavelmente o mesmo que a minha pessoa!
Sei que possivelmente a raiva esta tomando conta de você...
Mas respire fundo, faça uma força feche os olhos e ORE, REZE não importa a sua religião, apenas peça para que Deus conceda as crianças mortas por esse ser, a mais pura paz do céu, reza também pelas famílias das vítimas; se você for daquele tipo de pessoa muito muito muito boa, reza também por esse homem, esse homem que só Deus pode julgar se merece ou não o perdão, faça isso por mim, pois por ele, eu pessoalmente não consigo rezar! Se você for daqueles que não tem religião, faça um pensamento positivo para que futuramente, podermos todos viver num Brasil melhor, num Mundo melhor!  

Todos lutamos por PAZ!
E são muitos os motivos para acreditar nela e num mundo melhor. Viva cada minuto intensamente e enxergue a vida com os olhares da menina  Pollyana!


Assista o vídeo acima e transmita ao seu coração um pouco de felicidade!
Faz bem pro corpo, para mente para alma!
Guarde bem a mensagem transmitida pelo vídeo, lhe trará muita paz!


sábado, 2 de abril de 2011

A minha redação chegou *-*

Então gente, como prometido  posto agora a minha redação sobre aquele ultimo assunto ,  modistas e antimosdistas, e como de fato, sair da moda... Confesso que é um assunto delicado e um tema bastante difícil de lidar, mas quem pretende fazer vestibular sabe bem o que eu estou falando, tem que se estar preparado para TUDO! Segundo minha professora de redação, uma das maneiras mais garantidas de se dar bem no vestibular é desenvolver uma boa redação, fazendo isso, você já garante grande parte da sua média final! 
Portanto, fiquem beem atentos para isso e nada de preguiça; é meio óbvio mas quanto mais você treina melhor fica a sua redação logo, melhor será a sua nota, assim suas chances de ser aprovado no vestibular aumentam :)
Bom, agora chega de enrolar e vamos a redação:
#medoo!

A moda nunca sai de si      
      
        Comportamento, estilo, roupa de marca, modo de falar, quem nunca observou tais fatores na pessoa alheia, ou mesmo perante próprio espelho? Saber das tendências atuais é sempre um dos maiores focos da mídia mundial, não só da mídia, foco também da população.
       Rico, pobre ou classe média, a questão é que sair da moda, é completamente impossível, a moda é tão subjetiva e, ao mesmo tempo, tão concreta, que, se fosse uma pessoa, seria daquele tipo que não importa o que você faça, suas ações, seu comportamento, que ela estará sempre grudada em você. Ela não se resume em roupas, sapatos etc, a moda está em tudo, desde comidas, quadros, livros, cabelos, penteados, gírias, até profissões, cursos, carreiras... e, por esse fator, que não há escapatória, ela sempre irá te cercar, acredite, não adianta fugir, a moda o encontrará.
       O que vale é não abominá-la e, sim, saber dosá-la na medida certa, dessa maneira, usar as roupas da moda quando tiver vontade, ouvir a música que não para de tocar na rádio se quiser, ler aquele livro que combina com você mesmo estando ele na lista dos mais vendidos; e se mesmo depois de fazer tudo isso você quiser optar por aquela carreira que está na moda, siga! Você será diferente apenas por ser um dos poucos que não liga para isso, não será nem um modista nem um antimodinha, será original, e, acima de tudo, uma pessoa feliz.  

''Boa argumentação! Clara e objetiva! Gostei muito!'' -- Professora
Nota: 9.0